Saúde única, selvagens e pequenos animais concentram atenções no II Amazonvet e Congresso Nacional de Animais Selvagens

Postada em: 23/08/2019

Após mais de 70 horas de palestras e debates, permeados por networking e troca de experiências: assim terminou a programação científica do II Amazonvet – Congresso dos Médicos-Veterinários da Amazônia Legal, que neste ano abrigou, ainda, o Congresso Nacional de Animais Selvagens. Aproximadamente 1.300 participantes, entre profissionais e estudantes de Medicina Veterinária, Zootecnia, Biologia e áreas afins, compareceram, entre 20 e 22 de agosto, ao centro de convenções Hangar, em Belém (PA).

Ao longo do evento, os temas campeões de audiência, seja no discurso dos palestrantes, seja na lotação das salas, foram saúde única, zoonoses, proteção da fauna silvestre e tratamentos clínicos e cirúrgicos para cães e gatos. Essas atrações dividiram a preferência com apresentações na sala sobre grandes animais e sanidade, onde se falou sobre agronegócio, clínica e cirurgia de equinos, entre outros assuntos.

A organização do Amazonvet foi do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Pará (CRMV-PA), em parceria com os regionais dos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Roraima, Rondônia e Tocantins, e o apoio do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV). Já o Congresso foi idealizado pela Comissão Nacional de Animais Selvagens (CNAS/CFMV). Estiveram presentes os presidentes dos CRMVs dos seguintes estados: Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, Acre, Roraima, Maranhão, Ceará, Pernambuco e Paraíba.

Cerimônia de encerramento teve homenagens, premiação e anúncio de hospital veterinário público em Belém

O evento terminou com homenagens aos médicos-veterinários Jairo Moura de Oliveira, na área de animais selvagens, e Edson Brito Ladislau, escolhido profissional do jubileu de ouro, em alusão aos 50 anos do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Pará (CRMV-PA), completos em 2019. Na cerimônia, também foram premiados quatro dos 380 trabalhos científicos pré-selecionados para o congresso: dois na categoria Profissional e dois na Acadêmico.

O presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti de Almeida, falou ao público, parabenizando as equipes do CRMV-PA e da CNAS/CFMV pela qualidade do evento. “Os senhores congressistas nos proporcionaram esse evento brilhante, caloroso e rico. Incrível esse encerramento com salão cheio - e não é porque vai ter coquetel, eu também estou com fome, mas pela excelência do congresso”, disse, num dos vários momentos em que arrancou risos divertidos da plateia.

O último a falar foi o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, que anunciou a construção do Hospital Público Veterinário Dr. Vahia, para atender à população carente da capital paraense e que vai funcionar no antigo centro de zoonoses, a partir do primeiro semestre de 2020, de acordo com a previsão.

Balanço do II Amazonvet e Congresso Nacional de Animais Selvagens:

“Foi uma oportunidade para o Sistema CFMV/CRMVs oferecer educação continuada para profissionais desta região e de observar o grande interesse pelas temáticas desenvolvidas nas várias salas. Pudemos observar o cuidado da equipe do CRMV-PA com relação aos temas e palestrantes. As mesas-redondas apresentavam experiências e pesquisas locais, e vimos pesquisa aplicada, que é o que mais importa para a Medicina Veterinária, trazendo benefícios para toda a sociedade. A gente sai feliz de trabalhar para levar informação científica de qualidade a esta região, por meio do II Amazonvet e do Congresso Nacional de Animais Selvagens.” - Erivania Camelo, chefe de gabinete do CFMV

“Estou convicta que esses eventso foram um sucesso, não só de público, mas também pela programação científica, pelos temas abordados e qualidade dos palestrantes, que com muita competência contribuíram para a Medicina Veterinária e a Zootecnia da região” - Antonieta Martorano, presidente do CRMV-PA e do II Amazonvet

“A sensação é de dever cumprido, com a realização de palestras de qualidade e palestrantes de alto nível, inclusive internacionais, e muita ênfase na saúde única. Foi muito exitoso, estamos muito contentes já estamos começando a pensar no próximo congresso” - Francisco Edson Gomes, presidente da CNAS/CFMV e do CRMV-RR

“O evento atendeu todas as áreas propostas teve a ousadia de trazer profissionais com grande potencial de atratividade para o último dia, para manter fidelidade do público. Ficamos também surpresos por ter recebido trabalhos científicos do país todo.” - Nazaré Fonseca de Souza, membro da Comissão Nacional de Animais Selvagens do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CNAS/CFMV) e presidente da Comissão Regional de Animais Selvagens do CRMV-PA e da comissão científica do II Amazonvet

Fonte:Assessoria de Comunicação do CFMV